Colaboradores

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Mundo Encantado do Sítio do Pica Pau Amarelo



Quem nunca ouviu falar das aventuras de Emília, Pedrinho, Narizinho e demais personagens fantásticos que vivem no Sítio da Vovó Benta, mais conhecido como o Sítio do Pica Pau Amarelo?

Com o intuito de resgatar essa magia e desenvolver a criatividade, imaginação e o gosto por histórias de fantasia é que as professoras Anerose, Luciane, Fernanda e Daniele do Nível I desenvolveram um projeto chamado “Aventuras no Sítio do Pica Pau Amarelo”
Várias atividades foram desenvolvidas como: colagem, dobraduras, pinturas, contações de histórias, receitas culinárias, fantoches, pesquisas com as famílias entre outras, proporcionando assim um universo rico de cores, texturas, aromas e sabores para os nossos pequenos que se fantasiaram de “Emílias e Pedrinhos”, receberam a visita do “Vovó Benta e da Emília”, saborearam os quitutes de “Tia Nastácia” e divertiram-se muito com cantigas de roda, brincadeiras e mais coisas típicas da infância vivida por seus pais e que muitas vezes hoje permanecem esquecidas em meio à tecnologia que tomou conta dos lares brasileiros.
Agradecemos de coração às famílias que participaram, especialmente à mamãe Clarice Sauer dos Santos que gentilmente nos confeccionou a roupa da Emília usada pelas nossas pequenas bonecas; à mamãe Gislaine Liebl e papai Ricardo Schroeder que nos presentearam com flores enfeitando ainda mais o nosso ambiente; à bisa Dona Orita pela sua simpatia onde nos cedeu seu tempo contando histórias para nossos aluninhos.
Também queremos agradecer a todos que vieram visitar a nossa “Mostra de Conhecimentos” demonstrando que realmente somos privilegiadas por fazermos parte desse Mundo Encantado de pessoas maravilhosas, famílias presentes na educação de seus filhos sempre participando com empolgação e entusiasmo. Nosso Muito Obrigada!














sábado, 15 de setembro de 2018

Solidariedade

As turmas de Nível I 1, 3 e 4, das professoras, Adriana Miranda, Denise M. Ruckl, Cristiane Silveira e Lucenir B. Pscheidt, do Cmei Mundo Encatado, vem desenvolvendo durante este ano letivo, o projeto – Qual é a cor do Amor? (baseado em uma história infantil), diversas atividades propostas foram desenvolvidas em sala de aula e também contando com a participação das famílias dos alunos em tarefas enviadas para casa.
Neste momento, as professoras estão trabalhando com os pequenos sentimentos que fazem a diferença no dia a dia, como o amor, a amizade, a família, a união, o respeito as diferenças, a solidariedade, entre outros...
A SOLIDARIEDADE nos faz pensar no próximo, são muitas as ações que podemos fazer para ajudar o próximo, solidariedade se aprende desde cedo! Pensando neste objetivo, as professoras motivaram  o sentimento de solidariedade nas crianças, através de rodas de conversa, refletindo que existem muitas famílias que passam por dificuldades aqui mesmo em nossa cidade e com a ajuda das famílias e de professoras de outras turmas, mobilizaram uma arrecadação de  alimentos e produtos de higiene pessoal. Esta mobilização ocorreu em prol de uma família carente, que a  um tempo atrás passou pelo nosso CMEI, neste momento, a família mora em outro bairro, frequentando outro CMEI, mas as dificuldades enfrentadas por eles ainda continuam, sendo o casal (desempregados no momento) e cinco filhos pequenos...
Os alimentos arrecadados foram entregues a família, podendo assim, presenteá-los com esta ação de solidariedade, amenizando um pouco do sofrimento e despertando nos alunos o sentimento de olhar e de realmente ajudar o próximo.
As professoras agradecem a participação das famílias envolvidas nesta ação!
 “Muita gente pequena, em muitos lugares pequenos, fazendo coisas pequenas, mudarão a face da terra.” (Provérbio Africano)











sábado, 4 de agosto de 2018

Arraiá no CMEI




“Mas tem festança na roça uai!!! Não, não... É no CMEI Mundo Encantado”

Com um cenário todo lindamente decorado, muitos doces e comidas típicas, assim aconteceu a Festa Julina no CMEI. Todos os alunos, professores e funcionários se caracterizaram, dançaram muito e se divertiram com músicas caipiras, com brincadeiras e prendas. No final da festa, os pais se fizeram presentes para compartilhar juntamente com seus filhos este momento tão especial e também participar da eleição do “Sinhozinho” e “Sinhazinha” do ano letivo de 2018.